quarta, 18 de dezembro / 2019

As startups Avulta, Holos, Santo Cartão e SporTI são as finalistas do PUC Tec, Hub de inovação, formação e negócios da PUC Minas, e prosseguem para a Rota 4, com aporte de capital da Universidade de R$200 mil para cada uma. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira, 18 de dezembro, no auditório 3 do prédio 43, Campus Coração Eucarístico. O evento teve a presença do reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães; do pró-reitor de Pesquisa e de Pós-graduação, professor Sérgio de Morais Hanriot; do coordenador do PUC Tec, professor Humberto Torres Marques Neto; pró-reitores, professores, alunos e funcionários e representantes de 11 startups que participaram do PUC Tec e estavam na rota 20, entre as 20 selecionadas.

Dom Joaquim Mol classificou o PUC Tec como "um programa especialíssimo, que envolve pessoas muito dedicadas como vocês, que aqui estão". O reitor disse sentir uma perfeita, profunda e verdadeira admiração pelos participantes do PUC Tec. "Vocês são todos um pouco loucos, têm uma cabeça extremamente generosa, fazem isso para que o mundo e a humanidade sejam melhores, contem sempre com meu apoio", ressaltou Dom Mol.

O pró-reitor, professor Sérgio Hanriot, disse que "Dom Mol foi o grande indutor, sem ele o PUC Tec não aconteceria, uma pessoa que nos inspira". Disse que há três anos a Universidade começou a pensar num modelo, depois num hub de formação "muito bem construído". "O PUC Tec representa o esforço de muitas pessoas", disse. Sérgio Hanriot afirmou que o PUC Tec é um primeiro programa, e que em 2020 haverá nova edição. Ele lembrou que ao mesmo tempo que com o PUC Tec a PUC Minas escolhe, a Universidade foi escolhida pelas startups participantes. Hanriot ressaltou que o PUC Tec faz não somente uma mudança profissional nos participantes, mas também na vida deles. "Cada vez mais queremos formar esse modelo de conexão entre as pessoas", com hub conectando sonhos e desejos, pontuou o pró-reitor. "Independentemente de uma startup ter participado de uma rota ou não, a PUC Minas estará sempre de portas abertas", assinalou, observando que o PUC Tec é uma construção coletiva, um modelo plural, transdisciplinar.

O professor Humberto Torres disse que há exatamente um ano o PUC Tec lançava o edital, tendo tido 189 inscrições; 87 delas fizeram pitch; e, dessas, selecionadas 40, "que têm potencial enorme". Ressaltou que a consultoria DMEP ajudou a criar o conceito do PUC Tec. O coordenador do PUC Tec destacou a troca de experiências no Wework, espaço da PUC Minas no shopping Boulevard, na Região Leste da capital, dedicado a essas startups. Foram 40 estudantes de graduação da PUC Minas bolsistas em cada uma das 40 startups. Essas 40 mais as 12 startups, da rota 12, geraram R$2 milhões em negócios e R$6 milhões em receita. Foram 5,5 mil horas de mentoria, inovação e negócios para as 40 startups, 30 eventos no ecossistema PUC Minas, mais de 180 empresas e 19% cresceram frente ao capital inicial.

Após o anúncio dos finalistas, Sandrelise Chaves, da SporTI, destacou as palavras solução, para o esporte e para o país; e transformação e revolução para a gestão esportiva. Daniel Morais, da Santo Cartão, destacou o papel conjunto da DMEP, Wework e as startups participantes para o sucesso do PUC Tec. Emmanuelle Fernandes, da Avulta, destacou o encontro com a diversidade, no PUC Tec, por meio da DMEP e startups participantes. E Gustavo Souza disse que aprendeu muito, fez muitos amigos e que tem sentimento de gratidão pela participação no programa.

Assessoria de Imprensa PUC Minas 


Conecte-se a PUC          

Fale com a gente

Av. Pe. Cletus Francis Cox, 1.661 – Jardim Country Club
37.714-620 – Poços de Caldas – Minas Gerais

Telefone: (35) 3729-9200